segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Do you play?


«Quando corremos riscos, podemos perder. Quando não os corremos, perdemos sempre.»

Joueuse - um interessante filme, sobretudo para quem gosta de cinema francês. Segundo o olhar de Caroline Bottaro, neste seu primeiro filme, o xadrez está no centro de uma vida que se quer apaixonada.




Imagem: Elke Rehder

13 comentários:

anamar disse...

Ana, não aparece imagem...
???
beijo
Ana

RAA disse...

Como disse o Jerónimo de Sousa à população da Anadia, por causa do seu hospital: quando se luta, há sempre possibilidade de alcançar o pretendido, por pequena que seja; quando não se luta perde-se sempre. E a verdade é que eles lutaram e conseguiram.
O filme parece-me suculento. Se não vier aqui à linha, vou perdê-lo no grande ecrã...

Mar Arável disse...

Assino

Ana Paula Sena disse...

Que pena, Anamar :( Eu vejo, penso que será algo transitório, por aí.

Beijinhos :)

Ana Paula Sena disse...

Sem dúvida, um bom exemplo da concretização deste princípio, Ricardo.

Pois é, a linha é aquele lugar pacato onde gostamos de estar :) É um primeiro filme desta realizadora, e pareceu-me bem interessante, para estreia.

Um abraço!

Ana Paula Sena disse...

Obrigada, Mar Arável - eu também assinei :)

Eliete disse...

Ana Paula , realmente é preferível correr riscos do que não se arriscar. Mas lembro-me dos estudos do psicanalista inglês,Winnicott, quando diz: Risco com segurança.

TERESA SANTOS disse...

Olá Ana Paula,
Fiquei com muita curiosidade em ver o filme, parece-me muito interessante.
Se me permites deixo uma dica para a Anamar.
Também não conseguia abrir/ver o filme. Só consegui após ter clicado em "Joueuse", no post. Em termos práticos não sei o porquê, mas resultou.
Beijinho.

TERESA SANTOS disse...

Olá Ana Paula,
Tinha deixado comentário a este post. Fugiu?
Beijinho.

Gledson disse...

o cinema frânces é muito bom, nesses dias assiti OS Incompreendidos de Truffaut.

Te dei o selo de qualidade, por que pra mim o seu blog é o melhor que eu visito. ;-*

http://blogdokiraa.blogspot.com/

Ana Paula Sena disse...

Muito bem lembrado, Eliete! Riscos calculados - é o que o xadrez envolve em grande medida.
É um grande risco, por ex., num outro contexto, tentar voar sem ter asas. Ainda estamos vivos, certamente, porque calculamos as consequências fatais desse risco - por isso, utilizamos o avião, ou, mais destemidos, no máximo, fazemos asa delta. Mas eu não faço, não :)

Beijinhos!

Ana Paula Sena disse...

Teresa: as minhas sinceras desculpas pelo atraso na publicação do comentário, que muito agradeço :) Tenho andado em velocidade retardada aqui no blogue, algo que entrará, entretanto, nos eixos.

Obrigada pela dica também. Acho que os videos do sapo nem sempre são fáceis de carregar, comparados com os do youtube. Como este é que tinha legendas, optei por ele.

O filme é realmente interessante, e também fresco e terno.

Beijinhos!

Ana Paula Sena disse...

Gledson: muito obrigada! pelo selo e pelas boas palavras :)

Passarei pelo seu espaço para levantar o prémio com todo o gosto.

Um abraço.