sábado, 2 de junho de 2012

(quase) tudo dito

encontrei a frase em destaque mais abaixo no Espaço Concas. nele está patente parte da obra plástica da pintora Concas, Maria da Conceição Nunes (1946-1991). o espaço está integrado no núcleo museológico Centro de Artes das Caldas da Rainha - Ateliers Municipais. 
ao entrar, o meu olhar procurava quadros, pinturas que me mostrassem olhares sobre o mundo - para aproveitar o momento, interregno de um quotidiano mais repetitivo. mas o que de imediato vi, foi isto. e gostei. continuo a ser atraída por palavras. sobretudo quando elas funcionam como palavras-íman. o caso destas. então, pareceu-me que ficariam bem aqui no Catharsis. conseguem condensar os motivos que continuam a levar-me a fazer um blogue.