terça-feira, 3 de abril de 2012

um Eu para o século XXI

Fotograma do filme Matrix

qual o momento? em que momentos? quantas as vezes? em que o Eu digital domina? controla? quanto do Eu real é Eu digital? - pergunta. há um Eu que respira liberdade fora do digital mas que incorpora em si mesmo essa sua construção - responde. um Eu que transcende limites e que é livre exactamente porque os conhece - acrescenta. um Eu que controla porque é controlado - conclui. bem-vindo à metamorfose do Eu.

Sem comentários: