quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Pequeno intermezzo antes de Dardos


...para rever:



... e ver:



6 comentários:

anamar disse...

Foi um grande momento de cinema, Ana Paula...
Não tinha visto o filme.
Só um pintor, um arquiteto poderia fazer aquele filme e Peter Greenaway passou por tudo isso...
Foi um assombramento para mim...
:))
Beijinho
Ana

Ana Paula Sena disse...

É mesmo um grande filme, Anamar. Para mim, foi um momento alto o de o rever num grande écran, como é o do Auditório do Centro de Congressos do Estoril. Tal e qual como o filme merece.

Um pintor, um verdadeiro arquitecto, estou totalmente de acordo com a apreciação. Serão talvez as melhores palavras para definir o Peter Greenaway, que considero ser também um autêntico visionário - no sentido de que viu (e vê) mais além...

...e, pelos vistos, estivemos na mesma sala :) estive só uns 10 minutos na masterclass posterior, pois tinha outro filme a seguir. Mais um pouquinho e a gente cruza-se!

Beijinho grande. Bom Festival!

José Manuel Marinho disse...

Olá!... Eu, desastrado, mais uma vez não pus os pés no certame; enfim... Bom encerramento. Tudo de bom. Beijo.

eduarda disse...

Olá Ana Paula
Tem recadinho no meu canto, agradecendo deste modo a forma como constrói e mostra o que é cultura.
Um beijinho

Ana Paula Sena disse...

Olá, Jota!

Também me acontece perder muita coisa. Afinal, o nosso tempo não chega para tudo :)

Gostei muito do filme de encerramento - uma ternura.

Beijinhos para ti.

Ana Paula Sena disse...

Olá, Eduarda :)

Muito obrigada pelo Prémio (já lá fui espreitar), mas, sobretudo, muito obrigada pelas suas palavras tão gentis para comigo. Decerto, dá-me muito mais do que eu mereço.

... e assim fico um bocadinho vaidosa :) mas feliz, isso também é verdade.

Um beijinho grande.