quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Afinal, há esperança: o dinheiro pode não ser tudo...

[pensar rumo à autonomia e outras coisas humanas]






8 comentários:

Nilson Barcelli disse...

O dinheiro não é tudo, de facto.
Mas dá muito jeito...
Beijos, qyerida amiga.

partilha de silêncios disse...

Muito interessante !!

beijinhos

poemar-te disse...

Nunca o dinheiro será tudo; mas há quem assim pense de forma doentiamente obsessiva, compulsiva, até ao controlo do outro. Bom Festival! Beijo.

TERESA SANTOS disse...

Ana Paula,

Passo para te dizer que tens um "miminho" no Crónicas.

Beijinho.

Há.dias.assim disse...

Passei para desejar boa semana!

Benjamina disse...

Olá Ana Paula
Tem um "selo" para este blogue lá no Armazém de Pedacinhos. Provavelmente já o terá recebido, mas julgo que o que importa, neste caso, é a intenção. E como acho que este blogue se enquadra no espírito do prémio, foi minha intenção deixar aqui esta recordação. Um abraço :)

Ana Paula Sena disse...

O dinheiro não é tudo, mas é preciso! Do meu ponto de vista, resta saber, ao certo, em que medida exacta precisamos dele.

Na realidade, há muitos outros que não têm espaço nem tempo para ir além da sua extrema necessidade. Nesses casos, nem será a necessidade de dinheiro que está em causa, mas a imperiosa urgência de "alimento para a boca".

A verdade é que, neste mundo, continuamos a viver em muito distintos patamares.
E seria excelente, caso alguns génios houvesse por aí, que eles fossem capazes de descobrir e apresentar soluções para um mundo efectivamente melhor.

Um abraço a todos!

Ana Paula Sena disse...

O Catharsis tem prémios para reclamar, e anda muito atrasado.

Mas lá irá... receber e proceder ao respectivo retorno.

Muitos beijinhos às minhas queridas amigas e companheiras da blogosfera, Teresa e Benjamina, pelos selos/miminhos. Muito obrigada!