domingo, 13 de junho de 2010

Em tempo de futebol

4 comentários:

vbm disse...

Giro! :) O contorcionismo imparável dos jovens ao toque do acordeon argentino, os agentes 'bancários' [? :)] das operações offshore de compra, venda e remuneração de jogadores, o escorrer do tempo na areia que se escoa pelos dedos, o eterno feminino balançando, qual marcação de relógio inexorável que tudo projecta para o fim de cena do espectáculo. E nenhuma união acontece nos três tipos de personagens todos dependentes uns dos outros, mas restritos nos seus respectivos perfis :))

via disse...

vêm cá, aos jardins de oeiras, é uma boa oportunidade de os ver ao vivo. andas desaparecida, deixei-te um desafio lá no blogue.bjo

Ana Paula Sena disse...

Vasco: é giro, sim :)

...e tu fizeste do vídeo uma boa leitura, imaginativa e detalhada.

Um beijinho!

via: vêm cá, sim! Distraída como sou para datas, vou ter que estar muito atenta, neste caso. É que não os quero perder!

Desaparecida... nem tanto, mas preguiçosa, acontece andar, volta e meia... Mas, querida via, vou já ver esse teu desafio.

Beijinhos para ti :)

mdsol disse...

Muito interessante... mas, depois do comentário do Vasco, tudo o que se diga é seguramente a mais!

Beijinho, Ana Paula

:)))