quarta-feira, 2 de maio de 2012

poesia ao sol com eterno retorno


Canção Diurna do Viandante

As flores são as formas
completas das
estrelas que a luz solar devora

Vagueio entre elas
urdindo a viagem diurna
da imperfeição A primavera aberta nas

margens incandescentes
alberga a
dor das formas ilusão

do estio primitivo
como se flores, de
novo, perfeitas nos cobrissem

Gastão Cruz, Poemas Reunidos


[seja como seja, Marta, é bom estudar contigo!]