domingo, 11 de dezembro de 2011

Fé neuronal

As coisas fascinantes com que nos confrontamos via neurociências! É só escutar ou ler V. S. Ramachandran, por exemplo. Sugestões: Aqui ou Aqui.
Entre muitas ideias e investigações super-interessantes, Ramachandran fala-nos de sinestesia, neurónios-espelho, da consciência/sentimento de si (self), ou ainda de qualia. A rapidez de pensamento é absorvente, e as conclusões suscitam-nos ainda mais curiosidade sobre esse mundo fascinante do cérebro e da mente. Que pensar da existência de circuitos neuronais especializados na féE da sua relação com a epilepsia e os lobos temporais? Prepara-se o futuro para concretizar a hipótese de cada vez mais comportamentos induzidos, com base no conhecimento cada vez mais profundo de como funciona o nosso cérebro? Será possível suscitar estados mentais determinados, a um nível apenas imaginado possível em livros e filmes de ficção científica? Ou, por outro lado, a complexidade do cérebro e da vida mental manterão sempre uma porta aberta para o imprevisível?

5 comentários:

Mar Arável disse...

Cérebro - esse desconhecido

que a todos surpreende

em desafio

Nilson Barcelli disse...

Interessante.
Ana Paula, minha querida amiga, desejo-te um Feliz Natal e um ano de 2012 cheio de coisas boas para ti e para a tua família.
Beijos.

José Marinho disse...

Vou pelo imprevisível, muito claramente, por muito que queiram aniquilar a natureza, não esquecer que somos natureza. Tudo de bom.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Continuo a achar que será sempre a segunda hipótese!Se revisitarmos Daniel Serrão, tem interessantes ideias e argumentos sobre o assunto.

anamar disse...

Ana,
um destes dias vou levar este video para o Mar á Vista.
Muito interessante.
Abracinho