quinta-feira, 12 de maio de 2011

A cidade dos mortos ou a cidade dos vivos?

O documentário intitula-se "A Cidade dos Mortos", mas é mais o retrato realista de um lugar onde a vida se sobrepõe à morte, enquanto a encara com uma naturalidade desconcertante. Para compreender melhor, é preciso ver.

6 comentários:

rose prado disse...

Que filme magistral!

Há.dias.assim disse...

impressionante!

Ana Paula Sena disse...

Com os recentes problemas no blogger, este post tinha desaparecido. Agora, voltou, felizmente. Mas, os comentários não conseguem publicar-se :(

Assim, reproduzo aqui o comentário da Rose Prado:

"Que filme magistral!"

Obrigada, Rose.
Concordo, vi-o ontem e, sinceramente, a realidade está ali, tal e qual, com a sua crueza, e com a insólita beleza que há na dignidade de um povo que merece melhor. Assim sejam capazes de conquistar essa vida melhor...!

Ana Paula Sena disse...

...e o comentário de Há.dias.assim:

"impressionante!"

...foi o que senti realmente, Há.dias...

Beijinhos :)

Ana Paula Sena disse...

bom, finalmente, consegui recuperar os comentários originais! o que é vivo, sempre aparece :)

analima disse...

E eu finalmente consegui vir até aqui. :) Comento este post porque também gostei bastante do documentário. É claro que viver naqueles lugares é menos uma opção que uma necessidade ditada pela condição socio-económica. Mas não deixa de ser interessante perceber como nós, seres humanos, nos adaptamos de uma forma tão "naturalmente desconcertante", como diz.