terça-feira, 17 de março de 2009

O fascínio de Leonardo da Vinci


Não é tão labiríntico quanto O Código da Vinci. Em contrapartida, parece-me bastante mais credível.





«Levado pela minha desejosa vontade, vagueio para ver a grande cópia das várias e estranhas formas feitas pela natureza artificiosa, retorcendo-me ainda mais por entre os sombreados escolhos, cheguei à entrada de uma grande caverna, ante a qual, fiquei assaz estupefacto e ignorante de tal coisa, os meus rins dobrados em arco, e posada a mão cansada sobre o joelho, e com a direita fiz sombra às pestanas baixas e fechadas; e continuamente dobrando-me aqui e ali para ver se dentro se discernisse alguma coisa; e isto vetando-me a grande obscuridade que lá dentro havia.»
in Código Arundel, Leonardo da Vinci



14 comentários:

mié disse...

Também aplauso

...e era bonito :)


...o que o movia seria a paixão pelo Real?

Gostei muito. Tu e as tuas surpresas :)

Um beijo

terno

Artista Maldito disse...

Olá Ana Paula

Para mim é emocionante esta publicação.

Vou deixar-lhe uma citação de Leonardo da Vinci que penso vir de encontro à ideia do texto aqui exposta:

"Um bom pintor tem dois principais objectivos para pintar, o homem e a intenção da sua alma; o primeiro é fácil, o último difícil, porque ele tem que representá-los pelas atitudes e movimentos dos membros. O conhecimento destes deve ser adquirido através da observação do mudo, porque os seus movimentos são mais naturais do que os de qualquer outra classe de pessoas."

Atendendo à técnica do óleo à maneira de Leonardo, em que reduziu as resinas, as pastas obtidas tornaram-se mais opacas, produzindo o efeito de obscuridade.

Disse ao princípio emocionante porque ainda intriga e desperta tanta curiosidade, após seis séculos.

Beijinhos
Isabel

contracena disse...

De uma forma geral, no programa do "TED" são tratados assuntos que, no mínimo, suscitam curiosidade.
Não é o caso. Achei este, realmente interessante.

Beijo.

alice disse...

fabuloso post, querida ana paula. adorei ler esta citação tão actual e ver o vídeo :) nunca tinha pensado que o resto de da vinci não era conhecido, mas de facto não era... e no entanto, pintou um dos rostos mais famosos da arte, a monalisa :) muito interessante reflectir sobre tudo isto, gostei imenso! um grande beijinho.

mdsol disse...

Sim, um post surpreendente! Como surpreendente também é Leonardo!

Muito bom!
:)))

vbm disse...

Realmente, a estátua é parecida com o primeiro retrato; os outros dois, não tanto.

Violeta disse...

muito interessante, muito mesmo!
obrigada.

Ana Paula disse...

De facto, no programa do TedTalks encontram-se algumas coisas bem interessantes. Outras, nem tanto. Gosto de alguns programas pela sua vertente de divulgação científica, que me parece importante.

O que achei interessante, neste caso particular, foi o facto de o desenhador introduzir medições e técnicas de desenho de rostos para chegar às conclusões a que chegou. Eu sei pouco de desenho, mas acredito que algumas coincidências possam ser encontradas por quem domine a sua vertente técnica.

Claro, verdadeiramente fascinante continua a ser a figura de Leonardo da Vinci!!

Obrigada pela atenção :)

daniel disse...

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã."

Leonardo da Vinci.

De facto existem inúmeras opiniões acerca do verdadeiro rosto de da Vinci. Faz algum tempo passaram a biografia do artista, no Biography, e de facto existem outros inúmeros quadros no qual se pressupõe que o autor se tenha auto retratado
São mistérios da pequena história, que muito incentivam a imaginação dos escritores.

Bom post. Gostei muito do vídeo, estamos sempre a aprender.

Mar Arável disse...

Sempre incontornável

a forma e o conteúdo

o rosto nos espelhos

em azul disse...

Fantástico...adorei, ver, saber... tudo!
Um homem fenomenal e ainda por cima belo!
Obrigada, Ana Paula
Aplaudo e aplaudo-te
Beijo
em azul

tolilo disse...

Tia Cat.

Achas que eu ia gostar de ler?


Chuac!_

Nilson Barcelli disse...

Achei a exposição bastante credível.
Até pode ser fantasiosa, mas para mim foi convincente.
E achei espantoso como é que em 4 minutos se consegue convencer uma pessoa... notável.
Bom fim de semana,
Beijo.

Porcelain Doll disse...

Incrível, mesmo... se não estivesse sentada também teria ficado com os rins dobrados em arco e continuamente dobrando-me aqui e ali para ver se naqueles retratos se discerniam semelhanças!! :-D

Se foi assim ou não foi... talvez um dia possamos saber... até lá, restam as lógicas e as teorias mais científicas ou mais especulativas... :-)

Sou fascinada pela personagem de Leonardo da Vinci... acho que por ser tão completo e multifacetado... por ser um génio... mas sobretudo pela imensidão de questões que fez levantar ao seu redor... :-) E questões são coisas fantásticas, coisas que nos obrigam a mover-nos, que dão condimento à vida!! :-D