sexta-feira, 12 de setembro de 2008

LHC: Large Hadron Collider

O maior instrumento científico do mundo é o LHC ou, em português, o Grande Colisor de Hadrões. Foi construído no CERN, ao qual Portugal pertence desde 1985. Finalmente, as experiências com o LHC tiveram o seu início. Polémicas, receios e grande expectativa rodearam este acontecimento. A acompanhar...



Para além do reacender da discussão entre teorias científicas (Big Bang) e teorias criacionistas, o LHC (com as experiências que proporcionará) trouxe consigo o receio de que a Terra e o sistema solar possam vir a ser sugados por um buraco negro, o qual seria gerado a partir da elevadíssima energia criada por este acelerador de partículas. Facto que tem vindo a ser desmentido.
De assinalar que este novo instrumento da ciência implicou uma despesa de 4 bilhões de euros. Trata-se de um enorme investimento na investigação científica, tendo em vista um conhecimento mais profundo da matéria, podendo vir a permitir uma série de aplicações (ainda mal conhecidas) consideradas úteis para a humanidade. O reflexo da crença no poder da ciência e da tecnologia para um futuro melhor.



Tudo indica que não vamos desaparecer para dentro de nenhum buraco negro. Os universos paralelos também continuarão a ser uma hipótese incógnita para nós. Mas talvez fiquemos a conhecer muito mais acerca da matéria. Muito do que agora não passa de mera ficção científica, pode vir a tornar-se realidade no futuro: viagens no tempo; outras dimensões do universo; teletransporte; etc...

Uma grande expectativa é a de chegar finalmente à descoberta da chamada "Partícula de Deus" ou bóson de Higgs. Será possível?! O passado mostra-nos: muito do que começa por ser impossível, torna-se depois possível. E o futuro dirá quais são os novos caminhos a que a ciência conduz...





Imagens: pesquisa do Google


9 comentários:

Mar Arável disse...

Descobriram uma partícula de deus?

Estou preocupado

mas continuo a acreditar na ciência.parece que ainda faltam 95%
de investigações.Aguardo a evolução da teoria da relatividade.

Violeta disse...

a ciência e atecnologia são encantadoras mas por vezes assustam.

RAA disse...

O Grande Colisor de Hadrões...
Magnífico! Melhor que ficção. :)

Ana Paula disse...

É certo: a ciência consegue ser melhor que ficção, muitas vezes. Eu acredito na ciência, mas preocupam-me as suas implicações éticas e também económicas, em certos casos.

Mas não é possível o alheamento face à ciência, quando, por ex., se não fosse ela, não poderiamos estar por aqui, a usar a tecnologia informática como usamos.

Mar Arável: portanto, também acredito na ciência! :)
Obrigada pela atenção.

Violeta: também me assusta, inúmeras vezes...
Um beijinho! :)

RAA: Sem dúvida: é um facto fantástico! E faz parte da realidade! :)
Obrigada pela atenção.

Frioleiras disse...

o meu mais recente "amado" trabalhou no CERN 4 anos, depois de se ter doutourado em Inglaterra... Nunca mais conseguiu viver bem em Portugal.....não se adapta aos portugueses!
Enfim , passa a maior parte do tempo fora , em projectos fora de Portugal... adorou trabalhar no CERN. Pergunto-me se será que alguma partícula o afastou não só fisicamente mas mentalmente......
daqui?

Ana Paula disse...

Fantástico, Frioleiras! Claro que adorou trabalhar no CERN! Eu já ficava feliz com uma visita de uns dois dias ao local!
Claro que depois do convívio com as partículas, tudo lhe deve ter parecido demasiado "pequeno" :)

Provavelmente, a partícula que o afastou foi a de Higgs! :)

Beijinhos e agradeço-te o bom humor. :)

observatory disse...

um destes dias vou pedir para me explicarem a fome e o fim da terra

estou curioso

Frioleiras disse...

soube que.... o grande acelerador do CERN teve uma enorme avaria.....................só voltará a trabalhar lá para a próxima primavera.... dizem.
E haverá dinheiro para tal?

Ana Paula disse...

Pois... haverá dinheiro?! E... apesar dos projectos delineados com rigor, fica tudo tão lento. Acho que a ciência não admite impaciências (às quais, por vezes, sou dada)! :)

Obrigada por chamares a atenção quanto à avaria, Frioleiras.

Vou ver se fico mais a par dessa situação. Tenho curiosidade!