terça-feira, 31 de julho de 2012

o banco sozinho


mas tão sozinho... que decidi trazê-lo para aqui. 
 


Foto A.P.

4 comentários:

via disse...

bom descanso pelos jardins do marquês.

Mar Arável disse...

Conheço um banco assim

que se não deixa isolar

Ana Paula Sena disse...

Via, este pobre banco não está nesses jardins, mas noutros próximos. Os do marquês talvez não estejam tão abandonados - na verdade, não sei, não vou lá há uns bons tempos.

bom descanso também para ti! :)

Ana Paula Sena disse...

ainda bem, Mar Arável! os bancos também sentem :))