terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

A Invenção de Hugo de Brian Selznick



O mais recente filme de Martin Scorsese, Hugo ou A Invenção de Hugo (2011), deve ver-se. Mas é justo assinalar o livro que está na base do filme: The Invention of Hugo Cabret (um belo lugar para visitar, este site), de Brian Selznick. As ilustrações são magníficas e a história é cativante - consiste numa belíssima homenagem a George Méliès, ao cinema e à sua história. É também uma inesperada visita ao mundo fascinante dos autómatos (bonecos mecânicos) pelos quais ele se interessava, e um dos motivos da admiração que sentia por Robert-Houdin. É igualmente homenagem ao famoso filme de Méliès, Viagem à Lua (1902), considerado o primeiro filme de ficção científica.
O que conheço do livro resume-se ao que encontrei por aqui, mas é mais do que suficiente para o considerar um objecto muito apetecível. Como cheguei a ele? Através do filme. Mas isso é outra história. O livro contém um magnífico trabalho de ilustração e as suas imagens também devem falar...




4 comentários:

Mar Arável disse...

Na verdade...

quando as palavras se desenham...

Maria Soares disse...

vou ver a seguir, este fds optei pelo cavalo de guerra...

Ana Paula Sena disse...

Ainda não vi esse do Spielberg. Também gostava de ver. Vou ter que o deixar para uma época na qual possa dedicar-me mais ao cinema. Há muito trabalho agora.

Beijinhos, Maria! Bons filmes :))

Ana Paula Sena disse...

E é mesmo o caso, Mar Arável: palavras ali desenhadas, com muito encanto :))

Um abraço!