sábado, 28 de janeiro de 2012

ser

é mais à hora do meio que eu compreendo o cinismo
há um intermédio do dia e muito compreensível
que as minhas horas depois rompam pela janela
é o caso
despedacemos os ismos



Sem comentários: