quinta-feira, 11 de junho de 2009

Um Memo


Do Deserto do Mundo (CNS), chegou-me um desafio para "Memear". A ideia consiste em escolher um(a) cantor(a) ou um grupo; para cada pergunta, dar como resposta um título ou um trecho das suas músicas e, finalmente, escolher outros blogues para continuar. Tal como a Cristina, também resolvi alterar um pouco as regras - em vez de cantores, escolhi filósofos. Assim sendo, vejamos como ficou:


És homem ou mulher?

"Há um devir-mulher que não se confunde com as mulheres, o seu passado e o seu futuro, e é necessário que as mulheres ingressem neste devir, para escapar ao seu passado e ao seu futuro, à sua história." - Gilles Deleuze

Descreve-te...

"Apesar do mais vivo desejo, não posso efectuar o último, o paradoxal movimento da fé, quer ele seja dever ou outra coisa." - Sören Kierkegaard

O que é que as pessoas acham de ti?

"De facto, o que está à margem da probabilidade produz-se, de tal maneira que também é provável o que está fora da probabilidade. Se assim é, o improvável será provável, mas não em absoluto." - Aristóteles


Como descreves o teu último relacionamento?

"Não há meio algum para julgar. O conteúdo é sempre concreto e por conseguinte imprevisível; há sempre invenção. A única coisa que conta é saber se a invenção que se faz, se faz em nome da liberdade." - Sartre


Descreve o momento actual da tua relação...

"Antes de nos precipitarmos no seio desses combates, cubramo-nos com a armadura dos resultados que acabámos de conquistar." - Nietzsche


Onde querias estar agora?

"O homem, por si só, consegue muito pouco (...): apenas em comunidade, com os outros, é que ele é e consegue muito." - Schopenhauer

O que é a tua vida?

"Se não for por outra coisa, progride para poderes amar." - Séneca


O que pedirias se pudesses ter um só desejo?


"Duas coisas enchem o ânimo de admiração e veneração sempre novas e crescentes, quanto mais frequentemente e com maior assiduidade delas se ocupa a reflexão: O céu estrelado sobre mim e a lei moral em mim." - Kant

----------- // -------------


E agora... há por aí alguns blogues que queiram dar continuidade a este Memo? Se assim for, todos esses novos Memos serão bem-vindos!


6 comentários:

Violeta disse...

Ana paula
Mesmo virtualmente existe uma certa empatia entre as pessoas. Não sou dada a fazer conhecimentos através dos blogues - não é por nada de especial, mas admiro as pessoas pelo que capto delas - ou como se diz em psicologia "projectamo-nos"... -
Não sei o que será, mas sei que gosto de ti porque me pareces uma pessoa bonita e leve e na verdade cansam-me as pessoas pobres de espírito e picuinas. Fisicamente estou rodeadas de algumas, por isso virtualmente gosto de pessoas como tu.
um bj e boas mini-férias
eu trabalho! :(

Eliete disse...

Ana Paula, quero em primeiro lugar agradecer de coração sua participação sempre tão carinhosa no meu blog.Muito obrigada.É muito bom quando encontro um recadinho seu.
Adorei a idéia do memo, irei postar logo as minhas respostas.
Concordo plenamente com Schopenhauer e essa citação te revela muito. Um abraço carinhoso ,Eliete

mdsol disse...

Oh Ana Paula:

Mas a fasquia ficou lá no alto. Só um sucedor do Sergei Bubka..
Gostei muito de ler.

[E sem me querer meter como 'o piolho pela costura' concordo com a Violeta]

beijinhos

:)))

Mar Arável disse...

Pois

aguardo

o ciclo das marés

filtro o ciclo das marés

e estou sempre a partir

a chegar

ARTISTA MALDITO disse...

A dar continuidade é um outro desafio, o que me faz ficar entusiasmada, não sei é se serei capaz de manter, pelo menos, a elevação das suas respostas.

Vou tentar, com muito gosto.

Beijinho grande, Ana Paula,
Isabel

Porcelain Doll disse...

Este desafio é o máximo! Se não lhe tivesse já respondido, responderia agora, certamente! Com filósofos fica muito interessante também!... Eu diria que muito interessante é pouco... fica verdadeiramente enigmático! :D

Beijinhos grandes!