segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Catharsis musical para 2009


À medida que 2008 vai ficando para trás, começo a sentir a nostalgia habitual da "viagem" pelo que foi... O carácter absolutamente convencional destes festejos; a obrigatoriedade de contar os minutos para a meia-noite, como se pós-esta hora tudo se modificasse... confesso que já não me diz muito. Mas compreendo o espírito de festa e a celebração de um novo ano.

Parece-me interessante reflectir sobre o significado desta fugaz mas irreversível transição: como a vivo hoje é mais enquanto projecção comum da humanidade num futuro de incógnitas, de receios, mas também de esperanças e de crenças. No entanto, isto é aquilo que acontece todos os dias, todas as horas. A marca da passagem do tempo é constante. Escolhemos uma meia-noite especial, situada num ponto-limite de um calendário que também adoptámos solenemente. E nela depositámos a fé de que tudo muda ali, naquele instante. Mas o certo é que não muda por magia então. Vai mudando sempre. Pelas nossas mãos.

Mas as datas são importantes para construir a história. E, portanto, eis-nos a deixar para trás 2008. Abrimos os braços a 2009!
Na contagem decrescente destes últimos dias de Dezembro, uma frase veio-me à memória. Não sei porquê. Mas insiste em aparecer-me: "A sorte protege os audazes". É pois com Virgílio, e com este seu verso da Eneida, que 2009 se me apresenta. Desde esse outro tempo longínquo, até aos dias de hoje, construímos um caminho. Tortuoso, sem dúvida, mas que ainda não chegou ao fim.
Não sabemos que sorte nos reserva 2009, mas é preciso ter coragem para receber o Novo Ano e continuar este percurso... Acreditando que a nossa audácia será protegida pela sorte! A mesma audácia que é preciso ter para dar corpo a esta expressiva interpretação musical!

Bom Ano Novo!




21 comentários:

Mar Arável disse...

Que em 2009

continuem a reinar

porque é preciso ousar

Bom ano

RAA disse...

Avassalador!
Um grande ano para si, Ana Paula :)

P.S. Estava a preparar-me para ouvir o Milton Nascimento, mas, ora bolas, depois desta magnífica Petibon, que eu desconhecia (estou a ouvi-la de novo), tenho de dar-me um intervalo. (E tenho de fugir daqui, para não a pôr a cantar pela terceira vez...) :|

Bandida disse...

fabulosa música, fabulosa voz, fabuloso post!!!

[isto é lindíssimo]

um excelente Ano Novo para ti, e um forte abraço!

Violeta disse...

Sim, que em 2009 a música não nos falte.
Dia 1 lá esatrei, no CCB , a ouvir o concerto de ano novo.
Boa música...
bjs

Miguel Barroso disse...

Belíssimo som e post!


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

mié disse...

Querida Ana Paula

Pois, aqueles excertos falaram comigo, como quase sempre são os teus posts.

Esta tua reflexão sobre a passagem do ano e os brilhos que se lhe estão colados como se num passo de passas se rasgassem véus ou nascessem flores em lamas de petróleo. A vida é uma construção diária e o mundo também.

A sorte protege os audazes. É isso.

É preciso ousar!

Sem palavras para o vídeo.

Um bom, fabuloso, fantástico ano de 2009 também para ti. Tu e que mereces. Sem saberes tens me dado tanto.
Obrigada.

Um grande beijo


(já vi que tens escrito no Fio, depois com tempo ler-te-ei)

daniel disse...

Bom post... As datas são sempre importantes... e passando a citar: "(...)calendário que também adoptámos solenemente." - tens toda a razão, até porque o calendário cristão foi criado com erros, encontra-se cinco anos atrasado. Não estaríamos a entrar em 2009 mas em 2014... =) são ironias da própria existência. (relembro quando todos julgavam que o mundo ia acabar no ano 2000, na realidade o ano 2000 já tinha passado!) O Ser Humano é deveras excepcional.

p.s. - adorei a música. E o livro que escolheu para iniciar o ano 2009 é igualmente agradável "Eneida" - que "épicos" acontecimentos se revelarão neste novo ano?

partilha de silêncios disse...

Aproveito para desejar um Ano Muito Feliz,com saúde e paz.

beijinhos

intruso disse...

belíssimos sons para terminar 2008 e iniciar 2009!

:)


beijo de
BOM ANO NOVO

isabel disse...

Bom Ano, querida Ana Paula!

Um beijo grande. É sempre um prazer passar por aqui :)

O Profeta disse...

A humildade da água
Uma folha solta no vento
Cai sobre o mundo um manto de fino orvalho
Cada gota aprisiona um pensamento


Que o ano de 2009 seja a chegada aos teus mais
verdadeiros sonhos, que a tua alma encontre as mil cores
do feliz pensamento…


Que os nossos caminhos se juntem no espaço intermédio
entre a ternura e o tempo da viajem.



Mágico beijo

Frioleiras disse...

Feliz 2009 , com muita saúde e calor humano.

Vieira Calado disse...

Vim ver o novo blog.


Bjs

CNS disse...

Feliz 2009, Ana Paula!

audrey disse...

Happy New Year!

A White and Soft New Year!!!

ângela marques disse...

Não podia ter voltado em melhor altura!

Bom ano 2009!

manhã disse...

que se ouse ousar, é um excelente começo...um bom ano!

Zénite disse...

Texto prodigioso e íntegro. Belíssima, a voz da soprano, mais mágica que a própria "flauta". :))

Um venturoso 2009.

Com um abraço.

contracena disse...

Singspiel "Die Zauberflöte" (A Flauta Mágica).
Ária fantástica, a da "Rainha da Noite".
Encantou-me ouvir esta solista!
Mozart! Sempre!

Saudações.

Donnola disse...

n "dramatizava" tanto, é apenas uma referência, como passar o equador :DDD (já passei e nem me apercebi disso, gostava de ter sabido em que momento)

Terpsichore lusitana combatente disse...

Fabuloso